Quem Somos

logo_ong_pq

Uma ONG gaúcha

Uma ONG (Organização Não-Governamental) é definida como entidade sem fins lucrativos e que não está vinculada a nenhum órgão do governo. Essa denominação foi utilizada pela primeira vez pelo Ecosoc (Conselho Econômico e Social das Nações Unidas), em 1950.

A criação de uma ONG gaúcha denominada “Sepé Tiaraju”, em Uruguaiana-RS, começou com o interesse de um grupo de amigos, idealistas e dedicados, que partilhavam objetivos comuns, disposto a formar uma entidade legalizada, sem fins lucrativos. Os Estatutos da organização foram elaborados com a intenção de apontar para o horizonte de um desenvolvimento justo, igualitário e democrático que implique em transformações sociais dirigidas à promoção humana.

Pensamos no homem e na sua formação educativa, intelectual, moral e religiosa como outras tantas entidades que se originam da mobilização de grupos por interesses específicos, como crianças de rua, meio-ambiente, AIDS e direitos reprodutivos, etc. Toda essa diversidade móvel de idéias cabe magicamente nas três letras que brilham no céu como três estrelas: ONG.

Quem foi Sepé Tiaraju?

Hoje em dia, Sepé Tiaraju é um nome desconhecido. Pouco se fala e menos ainda se escreve sobre esse bom e valente índio rio-grandense que viveu com o seu povo sob as bênçãos dos primeiros Evangelhos lidos e rezados em nossa terra. Nas povoações jesuíticas, este índios, irmanados pela fé, deram outro sentido à existência, intercalando o pastoreio com as rezas, o aprendizado tranqüilo das novas culturas com o hábito dos velhos costumes.

Mas, um dia, a paz foi quebrada… Veio a guerra. A espada decepou a cruz.. A destruição arrasou completamente um dos modelos de nossa civilização. Sepé Tiaraju foi massacrado. Seu povo foi escravizado. Mas, defendeu com o sangue a liberdade de viver em paz na imensidão sem fronteiras de uma pampa sem fim.

Sua vida heróica ficou gravada, a ferro e fogo, nas ruínas sagradas das Missões Jesuíticas. Ele ainda surge em nossa imaginação, envolto numa luz sobrenatural, galopando seu corcel malhado, lançando o grito de defesa, rebeldia e fé que ainda ecoa pelas vastidões do Rio- Grande:

– Esta terra tem dono!

Sepé Tiaraju representa…

  • Um heroísmo que a intolerância não compreende!
  • Uma valentia que a força não vence!
  • Uma tradição que o tempo não apaga!

A missão da ONG tem sido a de resgatar a memória daqueles antepassados que foram injustamente sepultados no esquecimento. E Sepé Tiaraju é um deles.

O Grupo Sepé Tiaraju

O Grupo Sepé Tiaraju é uma ONG que nasceu do idealismo e da união de um grupo de amigos. Interessados em promover a Cultura, a Tradição, a Educação e a formação da juventude, tornaram-se voluntários da nobre causa de divulgar o Conhecimento em todos os setores, principalmente entre os menos favorecidos de nossa comunidade. Com esse objetivo, a ONG Sepé Tiaraju tem como missão promover, colaborar, coordenar ou executar ações e projetos visando:

  • fomento de ações que contribuam para manter viva a memória cultural popular relacionada com os usos, costumes e tradições da diversidade cultural brasileira, promoção da arte e cultura, defesa e conservação do patrimônio histórico e artístico;
  • a execução de programas de qualificação profissional do trabalhador e a inclusão dessas pessoas no mercado de trabalho através da Educação, do resgate de conhecimentos tradicionais, do artesanato, do saber científico, da democratização e acesso à tecnologia de informação;
  • a promoção do voluntariado, de criação de estágios e colocação de treinandos no mercado de trabalho;
  • a promoção da assistência social às minorias e excluídos, combate à todo o tipo de discriminação sexual, racial e social, trabalho forçado e infantil, inclusive à pedofilia — erradicação do analfabetismo e da miséria;
  • a promoção gratuita da Educação, da divulgação do conhecimento e da formação intelectual;
  • esclarecimentos relativos à saúde incluindo prevenção de HIV-AIDS, DST e consumo de drogas;
  • a preservação, defesa e conservação do meio ambiente e promoção do desenvolvimento sustentável;
  • a promoção da ética, da paz, da cidadania, dos direitos humanos, da democracia e de outros valores universais.

O Estudo é a fonte do progresso. Considerar o passado, é compreender melhor o presente e preparar um futuro mais humano para todos. O amanhã que desejamos começa na Educação.

Queremos resgatar os valores de ontem, somar os esforços de hoje para combatera miséria física e moral, a ignorância em relação à cultura, em relação à Tradição, em relação à vida. Queremos incrementar a formação intelectual do jovem, preparando-o para entender e discutir de forma positiva os problemas de nosso tempo. Queremos criar opções que afastem a juventude do mundo da marginalidade dando um sentido moral, social e até religioso para suas vidas.

Em todos os nosso projetos estão presentes estas razões. Elas formam o cerne de nossos empreendimentos.